www.cristaos.com

DEUS e a Homossexualidade

 

Um dos temas mais polêmicos no campo social, teológico e religioso é a respeito da Homossexualidade. O site cristaos.com irá nesse espaço abordar o tema de uma forma imparcial e não visa com isso "mudar conceitos" mas forçar cérebros a pegarem no tranco!

Vamos observar de forma isenta e imparcial a questão da homoafetividade, se há condenação à luz das escrituras, se não há condenação. Se Deus expressou em algum momento alguma posição a respeito, se as passagens bíblicas atribuídas supostamente aos indivíduos gays, foram, de fato, direcionadas a esses.

Uma análise crítica, estudada, medida de forma óbvia e sem vínculos institucionais com qualquer denominação ou qualquer movimento GLBT.

A conclusão do tema é de cunho pessoal, sem ligação com a doutrina Evangélica a qual não se posiciona sobre a questão haja vista que o único papel do Evangelho é a Salvação por meio da Graça!

Vamos para a batalha:

 

A deturpação do tema, a deturpação das escrituras e a incapacidade de interpretação de textos por parte dos religiosos que se autodenominam "evangélicos" me fez criar esse estudo uma vez que, nos dias atuais é muito fácil enganar uma pessoa se utilizando das escrituras, isso mesmo! O livro que nos serve como base histórica, profecias e Salvação eterna através da nova aliança, tem sido utilizada de forma irresponsável por grupos religiosos. O problema não está na Bíblia mas sim, ao que dela se aproveita e se utiliza para com os incautos que caem como "patinhos feios" nas falácias daqueles que só se sentem realizados quando conseguem fazer uma verdadeira lavagem cerebral em suas vítimas.

A utilização deturpada e por conveniência das escrituras é como uma faca nas mãos erradas: A faca é a culpada? não! ela serve para serrar, cortar alimentos, foi criada para nos auxiliar no dia-a-dia e, no entanto, criminosos a utilizam de forma errada para matar. Assim são para com as escrituras!

O meu objetivo aqui não é fazer um indivíduo heterossexual se tornar homossexual! jamais! e da mesma forma não é meu objetivo fazer um indivíduo homossexual se tornar heterossexual! jamais!. Eu respeito cada individuo na sua natureza e aqui não levanto bandeira alguma: nem para a direita e nem para a esquerda. Não estou a defender uma causa e sim, aprender sobre a causa e verificar se todas as passagens bíblicas que alguns religiosos usam para atacar os homossexuais, se de fato elas falam sobre esse tema e qual posição, se for o caso, teria.

 

O texto é extenso e não pretendo usar de linguagem refinada, haja vista que espero que tal mensagem alcance justamente esse pessoal religioso que ao meu entender carece de uma boa sala de aula e um bom professor. Não irei fazer crítica a ignorância dessas pessoas, mas não medirei adjetivos que venham a calhar com a situação. Também não garanto de deixar passar algumas verdades sobre indivíduos que se aproveitam da falta de conhecimento desses religiosos e com isso conseguem efetuar uma lavagem cerebral aonde a pessoa fica tão abitolada que ela jura de pés juntos que "aquilo é de determinada forma" mas não consegue responder uma única pergunta de alguém que tirou um tempo para estudar e ler a palavra de Deus com coerência e espírito de verdade, coisas que esses líderes religiosos não ensinam, pois a missão deles é conduzir os seus rebanhos conforme suas convicções próprias e enquanto eles conseguirem tal proeza, terão êxito, mas quando o ignorante der um basta, acaba o reinado de indivíduos como Silas Malafáia, Feliciano, RR Soares entre outros, que aliás, reinado fundamentado na ignorância de um povo totalmente coitado!

 

Antes de começar a abordar o tema mais a fundo, cabe algumas apresentações e como abordaremos o assunto: Somos um site cuja característica é 100% Evangélica, somos Cristãos primitivos, ou seja: temos que a Igreja é a mesma desde a era apostólica, não muda! e as palavras do Senhor Jesus são autoridade final para as nossas vidas. Não compactuamos com grupos que se autodenominam evangélicos como é o caso da seita dirigida pelo que se autointitula 'pastor' Silas Malafáia, dentre outros grupos que seguem pela mesma linha de pensamento, estando esses distantes da verdadeira missão da Igreja do Senhor Jesus.

 

Gostaria que os leitores tivessem atenção redobrada quando alguma passagem do texto for inserida a cor vermelha. Muitos textos passam desapercebidos e a resposta em muitos casos estão justamente naquilo que passou diante dos olhos mas não vimos, por isso irei inserir a cor vermelha como forma de alerta bem como letras em maiúsculas em passagens absolutamente importantes para o bom proveito e entendimento, porém não é que eu esteja gritando!

 

No final do texto haverá um espaço para que possa fazer suas considerações. Utilize esse espaço de forma civilizada, não imponha aos outros os seus próprios conceitos, deixe de que cada cidadão possa tirar as suas conclusões assim como nós deixamos com que você tire as suas. Não serão permitidas agressões, preconceitos, intolerância ou qualquer conduta que fuja da conversa amistosa cujo o único objetivo é crescimento em conhecimento para todos. Na ocorrência de postagens indevidas o campo será desabilitado e não mais permitiremos a participação dos visitantes. Aproveite que somos um espaço democrático!

 

Deus e a homossexualidade - Pensei com os meus botões sobre um título que pudesse combinar com o objetivo dessa obra, creio que "Deus e a homossexualidade" supre a necessidade do assunto e não gera especulações do tipo "Vocês do site cristaos.com estão defendendo os gays" ou, "Vocês do site cristaos.com estão fazendo apologia a homossexualidade" e outras distorções comuns sobre esse tema. "Deus e a homossexualidade" visa tão somente compreendermos qual a posição bíblica, de fato, sem distorções e parcialidades, tem sobre os homossexuais ou sobre a homossexualidade.

 

Quando nos deparamos com algum assunto relacionado a homossexualidade e estiver por perto algum religioso, qual não será o destino do assunto? pois bem, a Bíblia! e os argumentos são sempre os mesmos, as mesmas citações, iniciando lá no antigo testamento e conforme refutações óbvias vão surgindo eles vão mudando de lugar dentro das próprias escrituras e conseguem chegar até o apocalipse!

 

Vou pegar cada passagem utilizada para defender a discriminação e juntos, sem parcialidade, vamos ver se de fato Deus condena a condição homossexual de um indivíduo.

 

A destruição das cidades de Sodoma e Gomorra - A primeira passagem Bíblica quando surge o tema homossexualidade, certamente é a passagem da destruição da cidade de Sodoma. Alguns iluminados religiosos conseguiram ver homossexualidade numa passagem que não fala absolutamente nada a esse respeito. Ainda nessa mesma passagem, tais religiosos afirmam que a causa a qual Deus destruiu a cidade de Sodoma foi a homossexualidade, será mesmo?

 

Vamos ler o que de fato está escrito na passagem Bíblica e tirarmos nossas conclusões. Primeiro vem a passagem do livro de Gênesis aonde conta a história de dois anjos que foram repousar na Casa de Ló, anjos que estavam em forma de homens, vejamos:

 

¶ E vieram os dois anjos a Sodoma à tarde, e estava Ló assentado à porta de Sodoma; e vendo-os Ló, levantou-se ao seu encontro e inclinou-se com o rosto à terra;


E disse: Eis agora, meus senhores, entrai, peço-vos, em casa de vosso servo, e passai nela a noite, e lavai os vossos pés; e de madrugada vos levantareis e ireis vosso caminho. E eles disseram: Não, antes na rua passaremos a noite.


E porfiou com eles muito, e vieram com ele, e entraram em sua casa; e fez-lhes banquete, e cozeu bolos sem levedura, e comeram.


¶ E antes que se deitassem, cercaram a casa, os homens daquela cidade, os homens de Sodoma, desde o moço até ao velho;
todo o povo de todos os bairros.
E chamaram a Ló, e disseram-lhe: Onde estão os homens que a ti vieram nesta noite? Traze-os fora a nós, para que os conheçamos.


Gênesis 19:1-5

 

A narrativa bíblica está muito clara e objetiva. Dois anjos em forma de homens foram repousar na casa de Ló e, antes que esses fossem descansar, todos os homens daquela cidade, desde o mais moço até o mais velho, todo o povo de todos os bairros foram até a casa de Ló e perguntaram por aqueles homens e pediram para trazê-los para fora para que pudessem conhecê-los. Como podemos ver, o texto não cita o objetivo de todo aquele povo ir conhecer os dois anjos, mas existem mentes religiosas que conseguiram enxergar que todo o povo daquela cidade queria "abusar sexualmente" daqueles homens (anjos) o que, a princípio de conversa, caso de fato fosse esse o objetivo, nada teria a ver com homossexualidade, haja vista que o texto afirma: "Todo o povo de todos os bairros" foram até a casa de Ló. Será que todo o povo de uma cidade foram no intuito de abusar sexualmente dos anjos mesmo que o texto não cite isso? será que 100% da cidade era de homens e tais, 100% homossexuais? (mesmo que o texto não se refira a atos sexuais, inseri tal indagação na suposição de que tais tenham ido conhecer os anjos e desses, abusar). Qual sociedade conhecida pela história diz que em algum tempo, de algum lugar, algum povo, todos, 100% de uma população eram homossexuais? isso inexiste, até por que os homossexuais sempre foram minorias na sociedade - aos menos aos assumidos por que de fato é que o número real de homossexuais é bem maior do que os estudos apontam, até mesmo pessoas casadas e com filhos podem ser homossexuais reprimidos por N fatores os quais não são, nesse momento, objetos do nosso estudo.

 

Até esse ponto do texto de Gênesis não há nenhum indício, nem de violência sexual, nem de sexo, e muito menos de homossexualidade! O povo da cidade de Sodoma tinha a chamada xenofobia, ou seja: aversão aos estrangeiros. Será que aquele povo que vivia na carne, numa cultura fora dos padrões de Deus, na promiscuidade etc... queria ter seus costumes possivelmente mudados por pessoas de fora que trouxessem outra visão sobre a vida? Talvez esse despertar do povo em conhecer os dois homens, ouvir deles o "por que" da visita ou algo semelhante. o texto nos leva a esse caminho, teremos na continuidade a noção sobre como eles se sentiam com a visita de estrangeiros, diferente do sentido religioso e homofóbico!

 

Espia aí!

 

Então saiu Ló a eles à porta, e fechou a porta atrás de si,


E disse: Meus irmãos, rogo-vos que não façais mal;


Eis aqui, duas filhas tenho, que ainda não conheceram homens; fora vo-las trarei, e fareis delas como bom for aos vossos olhos; somente nada façais a estes homens, porque por isso vieram à sombra do meu telhado.


Eles, porém, disseram: Sai daí. Disseram mais: Como estrangeiro este indivíduo veio aqui habitar, e quereria ser juiz em tudo? Agora te faremos mais mal a ti do que a eles. E arremessaram-se sobre o homem, sobre Ló, e aproximaram-se para arrombar a porta.


Gênesis 19:6-9

 

Pois bem, qual o entendimento que temos? Que Ló, com medo de que aquela multidão fizesse mal aos anjos (leia bem, fazer mal, não cita o texto qual seria esse mal. Ló temia qualquer coisa que fosse contra eles). Também observamos que a situação, de fato, tinha como ponto forte a causa de os visitantes serem estrangeiros, o medo ali era de alguma mudança no dia-a-dia daquela sociedade, de alguma forma de julgamento contra aquele povo sem qualquer tipo de amor, compaixão, hospitalidade. Mas o ponto mais forte que podemos analisar nessa passagem com aquilo que estamos a estudar foi o oferecimento de Ló das duas filhas as quais ainda não tinham conhecido homens, ou seja: era virgens e como tal, até nos dias de hoje, é de grande "valor" para boa parte dos homens tal condição. Mas a pergunta que fica no ar, uma pergunta que na verdade é bem mais uma afirmativa, pois, se todo aquele pessoal que foram à casa de Ló eram homossexuais, que maluquice seria essa de Ló em oferecer a uma multidão de gays duas mulheres virgens? tem algum cabimento essa oferta? que aos olhos dos gays não é em nada tentadora? E olha que existem mentes iluminadas por aí que conseguem ver pelo em ovo! Não é mesmo "malafaianos"?

 

Vamos agora, depois de uma leitura imparcial do texto, fazer uma suposição de que todos aqueles homens quisessem violentar no sentido sexual aqueles homens (Anjos), o que teria a ver homossexualidade em si nessa situação? é obvio que a violência sexual contra uma pessoa é algo horrível, inaceitável e seja de qual condição for: heterossexual, homossexual. O que não podemos aceitar de jeito nenhum, pois usamos a nossa inteligência (diferente dos que seguem a ideologia de Silas Malafáia e indivíduos com a mesma forma de pensar) é o fato de acusar a condição homossexual de um individuo por que ele violentou um rapaz, pois se assim fosse, quando da violência de um homem heterossexual contra uma mulher, iríamos condenar a heterossexualidade? ao certo que sua resposta é não! (ou seria sim?)

 

Mesmo que o texto estivesse falando que o "mal que os homens queriam fazer contra aqueles anjos" fosse no sentido sexual, nada teríamos de acusar a condição sexual de todos os homossexuais em toda a história da humanidade. O texto foi claro, não utilizei de interpretação pessoal e nem de conveniência. Pratiquei mais uma vez a justiça e a imparcialidade que eu creio ser uma condição humana agradável aos olhos de Deus. Mas será que tu conseguiu ver diferente do que eu vi? conseguiu ver diferente do que está escrito no texto Bíblico?

 

Se há algum iluminado que consiga dar outro sentido a essa passagem, fique a vontade para expor lá no final desse estudo, desde que, é claro, não seja deturpado como fazem religiosos que vemos por aí. Deturpação das escrituras não será aceito aqui de jeito algum!

 

O segundo trunfo que os homofóbicos religiosos tem, depois de esgotada as tentativas da história de Ló e os anjos, vem as lei de levítico. Quando o pacote de argumento vai ficando vazio, eles vem com textos retalhados e secos, pegando somente um ponto sem contexto e jogando no lixo todo o resto e claro, guardando para a ofensiva qualquer coisa que pareça uma condenação aos homossexuais, vejamos:

 

Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é; Levítico 18:22

 

De fato o texto é claro! mas devemos ler essa texto sem o contexto e determinar o que parece obvio apenas por um verso? Vamos pensar um pouco (pensar é coisa que os religiosos não fazem). Vamos por diversos caminhos e vamos supor algumas condições.

 

Vamos supor que estamos debaixo da lei. Faz de conta que o Senhor Jesus não veio e o homem ainda é justificado pela lei certo? Para quem desconhece, antes da vinda do Senhor Jesus, o qual cumpriu em sí todo o castigo da lei, o homem era justificado através de leis. Eram as leis que tentavam endireitar o ser humano após a entrada do pecado através da desobediência de Adão e Eva (que aliás, se fossem Adão e Ivo que tivessem feito o pecado entrar no mundo iriam condenar os gays eternamente, mas como foi um casal heterossexual, nada os religiosos comentam, não é mesmo?).

 

As leis eram regras a serem seguidas e, caso o homem descumprisse a lei, sofria sobre si uma penalidade. Na vinda do Senhor Jesus, a visão de Deus era que, por lei ninguém seria salvo, haja vista que o homem poderia cumprir uma lei, duas, cinco, mas ele sempre iria escorregar em uma e por lei em si nenhuma carne seria justificada. Por isso veio o Senhor Jesus em forma humana e pagou o preço para a nossa divida que seria paga em castigos das leis. Na nossa suposição aqui, Jesus ainda não veio e estamos debaixo das leis, certo?

 

Pergunto a quem utiliza o cérebro: Só havia a lei de levítico 18:22 ou existiam outras inúmeras leis? Claro, existiam demais leis! e volto a perguntar: por que os religiosos só citam a lei anti-homossexuais e não citam as demais? e, quais são as demais? veremos a seguir algumas que com certeza todos nós em algum momento já descumprimos e não vemos perseguição quanto ao descumprimento, por que será?

 

Destes, porém, não comereis; dos que ruminam ou dos que têm unhas fendidas; o camelo, que rumina, mas não tem unhas fendidas; esse vos será imundo;
E o coelho, porque rumina, mas não tem as unhas fendidas; esse vos será imundo;
E a lebre, porque rumina, mas não tem as unhas fendidas; essa vos será imunda.
Também o porco, porque tem unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não rumina; este vos será imundo.
Das suas carnes não comereis, nem tocareis nos seus cadáveres; estes vos serão imundos.


Levítico 11:4-8

 

E aí? aonde foram parar os defensores das leis? Será que nunca um desses que gritam aos 4 cantos a lei que condena os homossexuais tocaram em porco ou de sua carne comeram ou até mesmo a carne de coelho apreciada em algumas regiões do Brasil? E aí? Tem alguém aqui que esta lendo essa matéria e nunca tocou em porco ou de sua carne nunca comeu? se tem, ufa! mas se não tem, por que não citam essa lei igualmente como citam Levítico 18:22?

 

E tem mais leis, vejamos:

De todos os animais que há nas águas, comereis os seguintes: todo o que tem barbatanas e escamas, nas águas, nos mares e nos rios, esses comereis.
Mas todo o que não tem barbatanas, nem escamas, nos mares e nos rios, todo o réptil das águas, e todo o ser vivente que há nas águas, estes serão para vós abominação.

Ser-vos-ão, pois, por abominação; da sua carne não comereis, e abominareis o seu cadáver.
Todo o que não tem barbatanas ou escamas, nas águas, será para vós abominação.
Levítico 11:9-12

 

E então? Existe alguém aqui que nunca comeu camarão? Será que tem mesmo? se manifeste por favor por que quero perguntar: Camarão é abominação SEGUNDO A LEI, mas é uma abominação maior ou menor que a homossexualidade?

 

E você que prega a lei, cumpre essa também, ou a única que importa é ir contra os gays mesmo? e temos mais leis, vejamos:

Guardarás os meus estatutos; não permitirás que se ajuntem misturadamente os teus animais de diferentes espécies; no teu campo não semearás sementes diversas, e não vestirás roupa de diversos estofos misturados. Levítico 19:19

 

Claramente a lei proíbe a mistura de espécies diferentes de animais no mesmo campo, a semeia de sementes diversas no mesmo terreno e o uso de roupas com diversos tipos de linhos diferentes. Existe alguém aqui que possa me afirmar que também não cometeu e nem comete alguma dessas abominações? Veja bem, o texto é claro! Tem alguém aí que se habilita a olhar a etiqueta da camisa que nesse momento esta usando? deixa eu ver a minha aqui, aguarde.... (40 segundos depois, resultado da análise da confecção de minha camiseta:) 70% algodão e 30% poliéster Pronto! eu estou cometendo, segundo as leis de Levítico, abominação! será maior ou menor que a homossexualidade? aliás, estou com pena da minha mãe, olhei agora no quintal e vi um vazo com pimenta dedo de moça e outro com erva cidreira, ela misturou duas sementes diferentes num mesmo campo e dessa forma comete abominação e agora, quem poderá nos defender?

 

Tem alguém aí que das leis que citei acima não descumpriram nenhuma? dou-lhe uma...alguém? pelo visto não! não é mesmo?

 

Agora, saindo da suposição que estávamos de que o Senhor Jesus não tinha vindo, vamos a nossa realidade. Estamos hoje aonde? debaixo da graça ou debaixo da lei? Nós Evangélicos verdadeiros vivemos debaixo da graça, ou seja: as leis do antigo testamento não tem nenhum sentido, não podemos ter por dívida se o que devíamos já foi pago!.

 

A vinda do Senhor Jesus foi para cumprir sobre Si o castigo das leis, em outras palavras: pagar o preço que nenhum ser humano poderia pagar. É engraçado quando vejo alguns pseudos evangélicos citarem leis, mas só citam as que convém e mesmo assim, ao citar qualquer lei, estão desmerecendo a vinda do Santo Messias e sua obra Salvadora. Nós tínhamos uma dívida (o pecado). Éramos justificados por meio de cumprimento de leis. Não conseguíamos pagar pois não há como o ser humano cumprir todas as leis sem deslizar em pelo menos uma. Deus sabemos disso e, como amou o mundo de tal maneira que chegou a se manifestar no mundo em forma 100% humana e sem pecados para pagar o preço dessa dívida por nós, porquanto, TODOS haviam pecado! TODOS! mesmo debaixo de toda a rigidez da lei!

 

Pergunto: se você tem uma dívida em um estabelecimento e sabe que está distante de pagar e que provavelmente não conseguirá pagar e certamente o dono daquele comércio irá o processar, ou seja: Haverá tu de arcar com as consequências de sua dívida, não é mesmo? Mas quando tu se vê perdido (a), eis que surge alguém e paga a sua dívida, o que você está a dever daí pra frente? Se me disser que ainda deve tudo ao comerciante, então aquele que pagou a sua dívida foi desprezado e o pagamento não valeu de nada! não é mesmo?

 

Assim é na questão das leis, que é a nossa dívida e a vinda do Santo Cordeiro Imaculado que pagou o preço que nós devíamos! se Ele pagou, o que você deve? Eu não devo nada! uso a roupa que eu quero, como bacon, como camarão! eu não estou debaixo da lei, eu como Cristão vivo na graça e o que é a graça? é justamente viver a liberdade após alguém pagar um preço de uma dívida que era minha!

 

E não podemos esquecer que as leis estão no antigo testamento, ou seja: antes da vinda do Senhor Jesus! Quando o Senhor veio ao mundo, logo o que era velho ficou para trás e todas as coisas se fizeram novas. Os Evangélicos originais não vivem debaixo da lei, estamos dentro da fé neotestamentária, ou seja: seguimos os ensinamentos única e exclusivamente do Senhor Jesus. nem um "A" e nem um "Z" a mais ou a menos!

O texto sagrado (novo testamento) nos fala sobre a graça, as leis e como estamos hoje, vejamos:

 

Por isso nenhuma carne será justificada diante dele pelas obras da lei, porque pela lei vem o conhecimento do pecado.

Romanos 3:20

 

Logo acima eu falei sobre um exemplo de uma divida a um comerciante aonde alguém chega e paga a sua dívida e, olha o recado que a palavra de Deus dá a esses que se dizem Cristãos mas estão debaixo da lei:

 

Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da graça tendes caído. Gálatas 5:4

 

O texto é obvio, claro, objetivo. Se você se considera justificado pela lei - além de ter que cumprir TODAS e não deixar escapar nenhuma - ainda despreza o pagamento já efetuando, tomando ao Senhor Jesus como ineficaz em Sua obra redentora. Se está na lei, se queres ser justificado por elas, da graça tendes caído! e dessa forma perdendo a salvação eterna, pois como diz em Romanos 3:20 NENHUMA carne será justificada pela lei!

Ou estamos em uma época ou estamos em outra, em qual época você está?

Veremos o que diz o texto sobre o estamos na graça ou na lei:

Mas se é por graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça. Se, porém, é pelas obras, já não é mais graça; de outra maneira a obra já não é obra. Romanos 11:6

Concluímos, pois, que o homem é justificado pela fé (exclusivamente no Senhor Jesussem as obras da lei. Romanos 3:28

Logo, os verdadeiros Evangélicos não estão debaixo das leis. Respeito a qualquer pessoas que queira estar debaixo da lei, as particularidades de cada pessoa não muda nada em relação a minha vida. Agora, não se pode se denominar Evangélico e estar debaixo da lei ao mesmo tempo, não tem sentindo algum. Todo verdadeiro Evangélico obtém a salvação mediante a fé no Senhor Jesus e isso esta claro no texto Santo, não adiante embaralhar a cabeça das pessoas que não conhecem as escrituras e fazer uma salada misturando o antigo testamento com o novo testamento. vocês formam uma salada na qual nem sabem quais os ingredientes que colocaram! e ainda se denominam evangélicos?

 

A salvação, segundo a Santa doutrina Evangélica vem da seguinte forma:

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8

 

Essa e tão somente essa é a doutrina apostólica, primitiva! da qual é o fundamento da Igreja do Senhor Jesus. Passou disso é religião! Passou disso é "malafaismo" e não tem vida eterna e nem dom de Deus no "malafaismo". Eu uso a minha inteligência e você? usa a sua dessa forma ou qualquer texto sem contexto consegue formar sua opinião?

 

Bom, Quando o religiosos homofóbico não consegue mais manter sustentado a tese do antigo testamento, das leis etc... ao se ver acuado, parte para tentar utilizar o novo testamento para agredir homossexuais, para falar em nome de Deus o que Deus não manifestou!

 

A primeira passagem que utilizam no novo testamento para tentar condenar a homossexualidade é no livro de Romanos  1:21-28

Ao lermos tais passagens sem o contexto podemos dar o significado que queremos e é isso que os religiosos fazem, os seguidores do "malafaismo" e grupos semelhantes a essa obra demoníaca. Mas vamos estudar a passagem de forma contextual e imparcial como fizemos lá no antigo testamento?

 

Qual o tipo de relação sexual o apostolo estava se referindo? qual era aquela cultura, quais os costumes daquele povo? No verso 21, encontramos: “não O honraram como Deus” e logo em seguida dos versos 23-25 percebemos que o texto se refere ao pecado da idolatria. Nos versos 26-27, vemos o abandono do seu desejo natural, do seu prazer natural a uma vida de prática sexual desumanizada. Mais uma vez o texto trata da relação sexual que não é advinda de um gesto de amor, de complemento, de carinho, de unidade, mas “contra a natureza”.

 

Pergunte a um homossexual o que lhe é natural na questão sexual. É amar a uma pessoa do mesmo sexo! Você se complementa em amor com uma pessoa do sexo igual ao seu ou com alguém de gênero diferente? Ao se provocar a situação em que alguém naturalmente homossexual tenha de se relacionar com uma pessoa do sexo oposto, o que se está fazendo na realidade é uma agressão de ordem mental e física, já que isto se choca frontalmente com a natureza daquela pessoa. Da mesma forma, converse com um heterossexual sobre o que seria natural para o mesmo. Como o mesmo teria uma vida completa não fugindo da sua natureza? A resposta seria: com uma pessoa do sexo oposto.

 

O texto de Romanos também nos abre imaginação lógica do que o Apóstolo estava vendo. Veja que ele trata as situações como "mudanças" como "abandono" ao dizer: "Deixaram o uso natural", vejamos:

 

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.

Romanos 1:27

 

Veja que o texto não se refere a homossexuais e sim a uma provável aventura entre heterossexuais aonde ele aponta dois erros: O abandono da natureza e a sensualização (independente de ser sensualização homossexual ou heterossexual o Apóstolo iria da mesma forma condenar). Se o homem "deixou o uso natural da mulher" é por que se tratava de um homem heterossexual. Ele deixou o que era natural para ele, na condição de heterossexual e foi se aventurar: "Se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros", veja que isso significa, em palavras atuais, um verdadeiro "carnaval", uma orgia. Paulo condena ao mesmo tempo essa situação bem como a aventura de pessoas que naturalmente eram heterossexuais mas quiseram experimentar na euforia de um momento de carne, qualquer experiência nova em busca da satisfação da carne.

 

Aí pergunto: onde está a condenação de Deus aos homossexuais? aonde os malafaianos conseguiram ver isso? Tenho certeza que se Paulo tivesse visto esses mesmos homens deixando o uso natural de suas mulheres e indo para o que conhecemos hoje como "casa de facilidades, "bordel", "prostíbulo", "Garotas de programas" etc... ele não iria condenar igualmente a situação? sim! iria! e eu devo concluir que ele iria condenar a heterossexualidade, uma vez que os rapazes nesse exemplo foram em busca de aventuras com garotas de programa? a conclusão não pertence mais ao autor do texto e sim aos leitores!

 

Então mais uma vez, de forma imparcial, justa,. amistosa e sem levantar qualquer bandeira ou fazer apologia, os homofóbicos ficam sem respostas e partem para buscar mais alguma colocação bíblica aonde eles supõem que é uma condenação aos homossexuais e citam:

 

1 Coríntios 6:9-10

Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 1 Coríntios 6:10

 

Vamos lá, na calma, na paciência, sem levantar bandeiras e sem subjulgar pelo "achismo".

 

Primeiro, vamos falar do termo "Afeminados" que não necessariamente tem ligação com homossexualidade, pois a questão homossexual não esta ligada ao comportamento do indivíduo em aparência e sim no seu eu. Logo, existem gays afeminados, heteros afeminados, gays "machões" e o termo nada tem a ver com homossexualidade. Segundo, devemos nos atentar a um simples e definitivo detalhe que os religiosos não vão em busca só para poder ter nas mãos uma arma anti-gay! e então, atenção aos que em especial são da seita do Malafáia e aos demais religiosos homofóbicos: o termo "afeminado" não existe nos originais das escrituras! pode procurar!

 

O segundo termo, "Sodomitas" não tem relação alguma com homossexualidade. Sodomitas eram os habitantes da cidade de Sodoma. O termo "sodomita" só passou a ser referida a prática do sexo anal na alta da idade média. Antes não era?

 

Nos lugares dessas duas palavras então, o que viriam a serem as corretas colocações?

 

Vamos com calma, uma de cada vez. No texto original, o verso de 1 coríntios 6:10 é da seguinte forma:

 

“Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem “malakoi”, nem “arsenokoitai”, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.”

 

Malakoi foi traduzida em versões como Ferreira de Almeida como "Afeminados". O termo grego “malakoi” literalmente pode ser traduzido como “mole”. E dentro daquela cultura misógina do primeiro século, podemos dizer que uma associação com a feminilidade era vista como negativa em termos morais. Assim, “mole” poderia ser uma descrição de qualquer tipo de comportamento de vaidade exacerbada ou fraqueza de caráter. Um outro sentido para esta palavra poderia ser a referência à prostituição cúltica masculina, que também era muito forte na época e na cultura romanas .

Arsenokoitai foi traduzida em versões como Ferreira de Almeida como "Sodomitas" e dando o significado do homossexual "ativo" o que nada tem a ver com a estrutura original do termo. “Arsenokoitai” consiste em uma palavra de significado por demais obscuro, lembrando que é grande a quantidade de termos e palavras no grego clássico que significavam “comportamento homossexual”. É preciso lembrar ainda que o Apóstolo Paulo não utilizou nenhuma delas, de onde podemos concluir que ele se referia realmente a algo muito específico. Etimologicamente, podemos dizer que o radical linguístico “arsen”, quer dizer macho e “koitos”, quer dizer cama. Este termo não possui nenhum registro na literatura grega antes de ser utilizado pelo apóstolo Paulo. Isto parece ser, portanto um neologismo do próprio Paulo, elaborado na composição desta epístola. Como o significado original deste neologismo pode ter se perdido no tempo, isto favorece interpretações grosseiras, sendo esta a palavra predileta para o arsenal homofóbico e tendencioso. No passado esta palavra antes de “sodomita” foi usada como “masturbadores” por algumas traduções bíblicas. Antes era um significado, agora outro? e, sendo que é grande a quantidade de termos e palavras em grego que associam ao comportamento homossexual, Paulo não se utilizou de nenhuma delas, ele iria utilizar logo uma palavra que por si mesma não significa nada em específico e já existente?

 

As traduções desses mesmos termos por tradutores Cristãos - e até não Cristãos - imparciais e honestos para com tamanha responsabilidade mostram um caminho desconhecido da maioria dos religiosos, vejamos as traduções mais aceitas:

 

Sobre os termos, temos:  “malakoi” como “depravados” e “arsenokoitai” como “pessoas de costumes infames” logo, 1 corintios 6:10 é:

“Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem “DEPRAVADOS”, nem “PESSOAS DE COSTUMES INFAMES”, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus.”

 

Ou seja: Aonde numa tradução isenta de interesses e parcialidade, tal escrita bíblica fala sobre homossexuais? em lugar algum! o texto se refere a depravados e isso pode ocorrer em qualquer sociedade e condição. um gay pode sim ser depravado, NÃO por ser gay. Um heterossexual pode ser depravado, mas NÃO por ser hétero. O texto bíblico não visa apontar a natureza de uma pessoa, mas atos de que ela pratique e independe da sua condição. Lembra daquela passagem aonde queriam arranjar motivos para condenar o Senhor Jesus do não cumprimento das leis? então levaram a mulher adultera até Ele...Bom, melhor que contar é inserir aqui tal passagem, vejamos:

 

E os escribas e fariseus trouxeram-lhe uma mulher apanhada em adultério;
E, pondo-a no meio, disseram-lhe: Mestre, esta mulher foi apanhada, no próprio ato, adulterando.
E na lei nos mandou Moisés que as tais sejam apedrejadas. Tu, pois, que dizes?
Isto diziam eles, tentando-o, para que tivessem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia com o dedo na terra.
E, como insistissem, perguntando-lhe, endireitou-se, e disse-lhes: Aquele que de entre vós está sem pecado seja o primeiro que atire pedra contra ela.
E, tornando a inclinar-se, escrevia na terra.
Quando ouviram isto, redargüidos da consciência, saíram um a um, a começar pelos mais velhos até aos últimos; ficou só Jesus e a mulher que estava no meio.
E, endireitando-se Jesus, e não vendo ninguém mais do que a mulher, disse-lhe: Mulher, onde estão aqueles teus acusadores? Ninguém te condenou?
E ela disse: Ninguém, Senhor. E disse-lhe Jesus: Nem eu também te condeno; vai-te, e não peques mais.
João 8:3-11

 

Jesus não a condenou na sexualidade em sí, certo? mas o ato devasso que aquela mulher estava cometendo. A mulher estava traindo o marido com outros homens, ou seja: eram atos heterossexuais. Jesus condenou a questão de o ato ser heterossexual e a mulher em sua natureza propriamente dita? não! mas ao adultério e o chamou de pecado.

Me respondam os iluminados que tem a mesma mente de indivíduos como Malafáia e Feliciano: Se essa mulher fosse pega traindo o marido, mas com outra mulher, não seria um prato cheio para que vocês viessem ao mundo só para condenar a relação homossexual delas? mas como a relação do pecado foi heterossexual, ninguém cita nada a respeito? ninguém condena a heterossexualidade? apenas o ato do adultério? Viu como a mente dos que seguem a religião tipo "Malafaia" agem?

 

Em todos os debates que realizei com os temas propostos pelos próprios religiosos, ou seja, a utilização das passagens bíblicas que eles associam a homossexualidade em sí, depois de tais colocações obvias e imparciais eles simplesmente deixam o debate! somem! e, por que será? Por que tais religiosos buscam falar, não de Deus, mas por Deus e nessa falam, não o que Deus pensa, mas o que eles pensam sobre o pensamento de Deus?. Alguns religiosos chegam a monopolizar a natureza de Deus, se colocando na frente dEle e falando como que fora do que pensam, Deus não pensa!

 

Alguns leitores devem me perguntar: por que trato com desprezo os religiosos? e eu explico com uma fraqueza que eu espero que não espante. Na verdade a classe religiosa é a classe de indivíduos mais perigosos da face da terra. A religião é um câncer criado pelo diabo para disfarçar como se fosse a obra de Deus e é bem o oposto do Criador. Vejam aí nos livros de história, os maiores genocídios, as guerras, a intolerância e tudo de mais podre que pode haver no mundo partiu de onde? de religiosos! Quantos milhões de inocentes não foram mortos pela inquisição católica? quantos milhões de pessoas morreram e morrem nas mãos dos fanáticos muçulmanos?. Tudo o que foi de mais imundo na história do ser humano se deu dentro das religiões e eu com a minha inteligência não posso compreender como poderia dar qualquer crédito a "gente" dessa classe, que muitas vezes até se passam por Evangélicos para criar na sociedade a falsa impressão de que os Evangélicos compactuam com as suas ideologias!

 

Ah! e muito importante lembrar que ainda na passagem em que Jesus perdoa a mulher adultera, vejam que ele poderia jogar a pedra por que ali havia sim alguém sem pecados e esse alguém era ele mesmo! MAS não estando Jesus debaixo de leis, mostrou a sua graça! Esse e tão somente esse é Deus!

 

Eu desafiei muita gente, muita gente tentou "provar" com base em si mesma e o que pensam. Tentam fazer de Deus um ser carrasco, sem amor, sem compreensão e infeliz daqueles que não usam do bom senso crítico para entender que esses tais não servem a Fé Evangélica verdadeira e sim, se autodenominam como Evangélicos para fazer os não crentes odiarem todo um povo correto, sem preconceitos e toda uma doutrina Santa a qual não conhecem, pois os religiosos não vieram para pregar as "boas novas" e sim, tão somente, ódio e acusações e julgamentos.

 

Mensagem especial aos HOMOSSEXUAIS - Eu sempre tive comigo que a natureza dos homossexuais é um tanto diferente em outros quesitos fora do contexto sexual propriamente dito. Os melhores artistas, os melhores cantores, os melhores cabeleireiros, os melhores médicos e enfermeiros entre outras profissões e artes, são homossexuais. Certa vez li uma matéria aonde um hospital dava preferência a contratar enfermeiros homossexuais pois compreendiam que tais eram mais sensíveis ao sofrimento dos pacientes, tinham mais jeito no tratamento, escutavam mais e eram mais que enfermeiros técnicos, viravam verdadeiros amigos dos doentes e isso era muito eficaz no reestabelecimento dos internos bem como a qualidade no atendimento daquela unidade de saúde. Claro, não é que não haja no profissional heterossexual com tais sensibilidades, há sim! mas de uma forma mais rara. Assim também há homossexuais nada sensíveis, não estamos aqui generalizando nada, porém, é notório que a facilidade em acharmos nos homossexuais um toque a mais de sensibilidade humana é verdadeiro. Com isso quero dizer o que? que sendo esses cidadãos homossexuais dotados de inteligência notória, gostaria que tais pudessem utilizar a mesma natureza de sensibilidade quando tratar de assuntos no sentido bíblico em relação a causa gay. Eu não posso esperar dos homossexuais a generalização e a afirmação de que os Evangélicos são intolerantes, agem de conveniência, são homofóbicos. Não posso tê-los em minha mente como seres de vasta inteligência que se deixam levar pelas falácias de religiosos que se auto intitulam Evangélicos e tais compreender de que todos os demais são assim! não!

 

O papel do site Evangélico "cristaos.com" não é debater sexualidade. Nossa missão é levar aquilo que temos de ensino através da proclamação fiel as palavras do Senhor Jesus e fazemos isso para com todos independente da cor, raça, sexualidade etc...

 

Nós Evangélicos verdadeiros (verdadeiros por que estamos dentro da doutrina deixada por Jesus e não pelas doutrinas criadas por Malafáias da vida) compreendemos pelas escrituras de que todos pecaram e desligados estamos da Glória de Deus, como nos ensina o Santo Texto:

 

"Mas agora se manifestou sem a lei a justiça de Deus, tendo o testemunho da lei e dos profetas;


Isto é, 
a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que crêemporque não há diferença.


Porque 
todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus;


Sendo 
justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus".


Romanos 3:21-24

 

Como vemos claramente no Santo Ensino, texto esse que aliás é sonegado do povo pelos religiosos, a condição do ser humano aos olhos de Deus é uma só. ficou claro o texto? sim! Vemos nele que primeiramente a justiça de Deus foi manifestada (Em Jesus) e sem lei, pois Jesus veio cumprir sobre si o castigo da lei e essa é a justiça de Deus a qual recebemos PELA fé no Senhor Jesus e, quem recebe essa justiça? os heteros? os negros? os brancos? os bonitos? também! mas o texto é claro: PARA TODOS E SOBRE TODOS OS QUE CRÊEM! e por que para todos? PORQUE NÃO HÁ DIFERENÇA! e por que motivo não há diferença? simples, POR QUE TODOS PECARAM E DESTITUÍDOS ESTÃO DA GLÓRIA DE DEUS! ou para ser mais específico com o que diz o texto, todos estamos lascados: heteros, gays, brancos, negros, ricos, pobres, gordos, magros etc... MAS aí vem as boas novas de Deus, a manifestação de sua misericórdia que é o Senhor Jesus Cristo. Deus que se fez homem e habitou entre nós em natureza 100% humana e não se achou nEle qualquer tipo de erro, e portanto, Ele foi o único a poder pagar o preço da redenção de todos e depois disso, como ficou a história do ser humano? JUSTIFICADOS GRATUITAMENTE PELA SUA GRAÇA, PELA REDENÇÃO QUE HÁ EM CRISTO JESUS. Observe atentamente que, além de a salvação vir sobre todos, perante a fé no Senhor Jesus, somos justificados pela fé no Senhor Jesus pela GRAÇA e REDENÇÃO de forma GRATUITAMENTE (diferente de Malafáias, Felicianos entre outros enganadores e mercenários da fé e seus xexelentos seguidores).

 

Nos colocamos a disposição para todos quanto desejam conhecer de forma isenta a verdadeira fé Evangélica, a única fé fundada por Deus e nEle mesmo! o qual é o fundamento da de todas as coisas. Entre em contato com a administração do site Evangélico 'cristaos.com' através do canal de atendimento contato@cristaos.com.

 

Esse é o nosso trabalho em defesa da verdadeira fé Cristã, sem acepção de pessoas, sem recebermos nada em troca (aliás, creio que esse seja o único site em toda a rede mundial de computadores aonde não há qualquer tipo de propaganda ou qualquer pedido de ajuda monetária).

 

Nessa missão iremos continuar, levantando uma única bandeira, a bandeira da salvação que está na essência do nosso Deus que é o Senhor Jesus Cristo! E se os religiosos quiserem me processar como tão grandemente fui ameaçado, fiquem a vontade! para facilitar o início do processo passo todos os meus dados pessoal via e-mail, certo?

 

Bem-aventurados sereis quando os homens vos odiarem e quando vos separarem, e vos injuriarem, e rejeitarem o vosso nome como mau, por causa do Filho do homemLucas 6:22

 

Termino esse estudo na esperança que o Evangelho verdadeiro aqui proclamado produza frutos na vida de cada um em sua forma sincera como deve ser a fé genuína no Senhor Jesus, o qual sendo Deus, não se importou o ser igual a Deus, de si mesmo se esvaziou assumindo a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens e, achado na forma de homem, se humilhou a si mesmo sendo obediente até a morte e morte de cruz! Por isso Deus-Pai O exaltou soberanamente e lhe deu o Nome que está acima de todo o nome, para que ao Nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus, e na terra e debaixo da terra e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor! (Filipenses 2 5-11).

 

Abaixo deixamos um espaço para que tu possa comentar sobre o tema abordado. Não serão tolerados ofensas, homofobia, propagandas e pregações anti-gays. Dispensamos a participação de religiosos. As participações que não forem cortez, serão deletadas. Antes de postar leia texto e contexto para não interpretar da forma como os religiosos vem interpretando e afirmando o que não está escrito como se estivesse. Vamos participar utilizando ao menos, a inteligência básica. Aproveite o espaço democrático, não é em qualquer site que sua manifestação do pensamento é respeitada, não é mesmo?

 

 

Nós, cristaos.com fazemos a diferença!

 

Página Inicial

Comente através do seu login no Facebook:

 

 

WWW.CRISTAOS.COM