www.cristaos.com

Aparecida: Padroeira dos Católicos, NÃO do Brasil!

 

Tudo bem pessoal? Lá vamos nós colocar a "cara a tapa" mais uma vez e levantar um assunto polêmico mas dentro da responsabilidade de respeitarmos as partes envolvidas.

 

Toda vez é assim: vai chegando o dia das Crianças e lá vem a mídia, em especial a Rede Globo empurrar "goela abaixo" de todos os cidadãos brasileiros de que "nossa senhora aparecida é padroeira do Brasil" Poxa, estamos ainda vivendo esse tipo de imposição mesmo que a constituição garanta o estado Laico? o que diz o artigo 19 da constituição federal de 1988? vamos ler:

 

Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

 

- estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;

 

II - recusar fé aos documentos públicos;

 

III - criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si.

 

Uai, espera aí, então a constituição está errada e o catolicismo está certo em sua imposição? ou o catolicismo atropela a carta magna da nação e impõe suas crenças a todo um povo mesmo que esse não venha em sua totalidade professar tal fé?

 

Irei falar agora do sentimento que tenho em relação a isso: Primeiro, não somente nesse assunto, o poder publico desrespeita o cidadão brasileiro desde a hora do nascimento até a hora da morte, isso todos sabemos! Vivemos debaixo de imposições sociais e religiosos. Sinto que, mesmo tendo o direito de seguir o meu caminho, ainda tem por parte do catolicismo o mesmo sentimento da inquisição que aliás é uma pedra eterna no sapato dessa instituição.

 

Pergunto a você que é católico: Imagina que a situação fosse um pouco diferente e em nosso exemplo, suponhamos que seja declarado "Alá" como "padroeiro do Brasil" ou qualquer que seja o nome seja lá de qual religião for, você se sentiria como?

 

Pensa um pouco aí por que é pensando que chegamos em um posicionamento obvio, lógico e imparcial!

 

Pensou? então, esse seu sentimento é o mesmo que os não católicos sentem quando você impõe as crenças que servem para ti a todo um povo que não segue tais.

 

E sabe de mais? eu conto! muitas pessoas chegam a se revoltar de tamanha forma que passa a externar "agressivamente" essa imposição com: Pastores chutando a imagem em rede nacional, pastor comparando a imagem a uma garrafa de coca-cola, pessoas postando vídeos martelando imagens da aparecida como podemos ver vários no YouTube, entre outras situações de revolta envolvendo tal situação. Ah, vale lembrar que nem os atos voluntários bem como de pastores que acabam excedendo e expondo atitudes mais radicais, não estão representando a fé Evangélica a qual NÃO prevê esse tipo de atitude, não está dentro do Santo Ensino que seguimos tais atos e devo deixar bem claro aqui de que são ações pessoais e nada além!

 

Ah Leal, mas espera aí: Já vi ex-católicos que se convertem a Jesus indo quebrar imagens, seja em casa ou seja em uma Igreja, isso não é desrespeito? Perguntou um amigo!

 

Não! respondi, não é desrespeito! Um objeto de culto que tenha sido adquirido por uma pessoa em um comércio, é um objeto mercantil e a ela pertence. Ela tem todo o direito de desfazer de tal da forma que bem entender, o que ela não pode é vilipendiar o objeto de culto que não lhe pertence como: adentrar a um templo e quebrar uma imagem como aliás, já vimos muitos capítulos dessa triste novela e que, pior de tudo, nós Evangélicos acabamos por "pagar o pato"! Então, se uma pessoa deixou essa ou aquela crença e quis desfazer da antiga fé, isso não desrespeita a ninguém! até mesmo se uma pessoa Cristã, por exemplo, se deixar de seguir a Deus para servir alguma outra crença e quiser jogar a Bíblia fora ou queima-la, é um direito que tem. O que o indivíduo não pode fazer é, por mudar de fé, querer jogar fora justo a minha Bíblia, não é mesmo? aí a situação é diferente!

 

Então é assim: a questão de desrespeito se dá quando, uma pessoa visando provocar a outra, acaba por vilipendiar um objeto de culto. Ela não quer em sí desfazer por que não quer mais, não!  ela quer que tão somente outros possam ver ela "maltratando" aquele objeto com o intuito de causar alguma reação e, mesmo que o objetivo de quem comete esse ato seja mostrar de que tal objeto não provém de Deus, por mais que a vontade pareça ser boa, ela não vai ser vista dessa forma e não vai entender de que tais atos constitui em crime! Mas assim também cometem crimes aqueles que impõe suas crenças como é o caso do catolicismo!

 

Quem aqui me conhece sabe o quanto desbocado eu sou. Tenho amigos de todas os "clãs" e não me importo do que eles gostam ou deixam de gostar, o que seguem ou deixam de seguir. Em uma conversa um disse: "oba! semana que vem tem feriado! dia da padroeira do Brasil, nossa senhora aparecida" Foi automático minha reação: "nossa senhora o cacete e padroeira uma pinóia".

 

De fato, falei exatamente assim, exatamente essas expressões! E por que? pareceu ofensa a quem acredita nessa imagem? de lance parece mas deixa lá que o ofendido, PROPORCIONALMENTE à fé que sigo, fui eu! Por que? Eu sou Cristão, não tenho senhora alguma na minha vida, tenho apenas o único que é digno de receber o nome de Senhor que é o Deus a quem nós Evangélicos seguimos, Jesus Cristo!

 

Por que nem é "nossa senhora" (minha não é ou será que alguém vai impor isso, forçar de que seja? não é, não foi e nunca será!) e também não é "padroeira do Brasil" haja vista que estamos em um país livre e cada pessoa tem o direito de seguir o que quiser ou não seguir nada e respeitar o que o outro segue ou também deixa de seguir.

 

Não seria muito mais fácil os católicos falarem: "Aparecida é a padroeira dos Brasileiros católicos"? poxa gente, tão fácil resolver isso, não acham? Não poderiam dizer "minha senhora" ao invés de levar para o plural?.

 

O povo tem medo de falar, o povo tem medo de indagar, conversar a respeito. Pessoal, é usando o cérebro que podemos fazer uma sociedade mais justa! honesta, séria, respeitosa!

 

No meu perfil do Face Book tenho diversos amigos e cada qual com a sua ideologia. Esses dias se espantaram ao ver em meu perfil um padre como se um Evangélicos não pudesse ter um amigo Católico! pois é, ainda tem esse tipo de mentalidade! A nossa diferença é uma apenas, o resto somos iguais: eles segue uma fé em uma crença e eu sigo uma fé em outra crença. Ele, da mesma forma que eu tem sede, dorme, acorda, trabalha, estuda...

 

Por que haveríamos de sermos inimigos? eu tão apenas não participo das liturgias que ele participa por que não seguimos o mesmo Deus, assim como tenho amigos ateus, espíritas. Cada um tem e a sua "intimidade espiritual" ou crendo em algo ou não crendo em nada. Não é simples? ou estou errado?

 

Então devemos nós Cristãos sairmos da zona de conforto e passar a impor o respeito às nossas escolhas e muitos no meio de nós também, respeitar as escolhas alheias que ultimamente não temos visto! Eu minto?.

 

Aparecida NÃO é minha senhora, não é minha padroeira, eu nunca depositei minha fé nela e, da minha parte, ela nunca terá nenhum tipo de sentimento ou devoção. É ela lá no seu canto e eu no meu. Vou chutar? quebrar? só para um católico ver? não! Mas tratarei, sempre, com a mesma reciprocidade de respeito para com a minha liberdade de escolha. Se forçarem, a reação contrária será recíproca. Qualquer um faria dessa forma se fosse o oposto, não é mesmo? Estou certo ou errado?

 

Uma situação bem interessante que podemos notar nessas situações "intra religiosas" é que, de tantos "santos" católicos e até mesmo de religiões afros, por que somente a Aparecida acaba sendo alvo da maioria das situações que interpretam como desrespeito? Já pensou nisso?

 

Ah Leal, o povo é preconceituoso e pelo fato da imagem ser negra eles atacam justamente por isso! Não é esse o real motivo! A diferença entre esse ídolo e os demais é que justamente esse é imposto a uma nação, sim! eles empurram e fiquem todos calados que está bom! não é bem assim? e por causa dessa lamentável situação, talvez de uma forma até mesmo não pensada, a revolta se mira justamente na Aparecida.

 

Porque será que o Pastor Von Helder  certa vez chutou logo a Aparecida? por que ele não chutou Buda?, Fátima?, Iemanjá? Por que nunca os budistas impuseram Buda a todos, nunca fomos impostos a termos Iemanjá como "senhora ou rainha ou padroeira" não é mesmo? A reação da imposição é automática!

 

Esses dias uma associação católica que aliás,  não sei como sabem meu endereço, nome completo e CPF mas...bom, me enviaram uma carta gigante com alguns boletos bancários para fazer "doação" a tal associação e ainda enviaram adesivos para carro e um pôster de pelos menos 1 metro de altura da que para eles é a "senhora de Fátima". Vão vendo...

 

Primeiro desrespeito: Enviar uma carta de forma não autorizada e sequer me explicaram qual a fonte para acesso às informações de cunho pessoal! (não só desrespeito como também é crime postal).

 

Segundo: Boletos que, por mais que não houvesse "data para pagamento" e sim de forma "voluntária" não deixou de ser uma ficha de cobrança sendo que eu sequer conheço tal instituição.

 

Terceiro: Envio de produtos de cunho religioso que desrespeita a minha fé Cristã. Não pensaram em absolutamente nada quando decidiram enviar: se for um ateu? se for um cristão? ser for uma pessoa não católica? não, mandaram e pronto! e ainda com meu nome gravado junto aquela imagem "rogando por mim" poxa, aí devo ficar calado e aceitando imposição por que se falo algo o intolerante sou eu?

 

Liguei, passei e-mail aos responsáveis e solicitei a retirada dos meus dados da lista de distribuição e ainda os aconselhei a verificarem a cada um se de fato são pessoas católicas e se querem receber tais correspondências. Viram como andam as coisas?

 

Ah Leal, o que tu fez com o boleto, com os adesivos de terços para carro e com a pôster de 1 metro de Fátima? Os fiz de picadinho e mandei para a lata de lixo reciclável. Sou eu o intolerante ou me utilizei da minha liberdade que pela aquela associação não foi respeitada?

 

Entenderam essa conversa simples e objetiva? deseja colocar a sua visão sobre? refutar de forma inteligente e educada? fique a vontade para expor sua considerações logo abaixo! mas por favor, não mude o foco do que está escrito, use sempre a lógica que é o melhor caminho para que uma parte entenda a outra, o que vem a cada dia se tornando mais raro e com isso surgindo conflitos desnecessários.

 

Portanto: 12 de Outubro: Dia da senhora dos católicos. Dia da padroeira dos brasileiros católicos.

 

Simples? agredi? desrespeitei?

 

E veja que eu não estou adentrando para o lado "espiritual/teológico" da questão que seria uma outra ocasião e serviria para aqueles que estão querendo conhecer o Evangelho e claro, temos posição quanto ao que o Santo Ensino fala sobre os ídolos. Temos matérias falando disso cujo objetivo é mostrar aos que estão buscando conhecer o evangelho, o que de fato significa a idolatria mas esse espaço aqui não é teológico e sim de cunho, digamos que social: direitos, deveres, estado laico, liberdade de escolha, constituição...Mas em breve teremos o estudo sob a ótica divina sobre a idolatria que aliás, não é praticada apenas por que se curva diante de uma imagem de gesso não! tem muita gente aí que não se prostra diante de uma imagem mas se prostra diante de maços de dinheiro! ou diante de poder político, bens da terra e por aí vai...idolatria não é só para os vizinhos não, tem gente aí se dizendo Evangélica e mal sabe que pratica idolatrias mil com suas ações mundanas, colocando o dinheiro e o poder no lugar de Deus...É, aqui é assim: desço a lenha mesmo! Seria muito fácil falar apenas contra o vizinho como em muitos sites apologéticos que realizam matérias contra catolicismo, espiritismo e eles mesmo praticando os mesmos pecados que apontam no outro, não é mesmo? cambada de hipócritas e cegos. To mentindo?

 

Eu sou Brasileiro. Meu Senhor é Jesus Cristo, meu Santo é Jesus Cristo, meu Padroeiro é Jesus Cristo, meu Messias é Jesus Cristo, meu Mediador é Jesus Cristo. O imaculado que conheço é Jesus Cristo, minha devoção está em Jesus Cristo, meu protetor e guardião é Jesus Cristo, meu Deus é Jesus Cristo!

 

Essas minhas afirmações te ferem? NÃO! tenho certeza da sua resposta. Mas as suas imposições me ferem, então, não seria a hora de mudar? seguir cada qual o seu caminho e respeitar a liberdade de cada cidadão?

 

Fica aí a dica do site Evangélico cristaos.com!

 

 

Nós, cristaos.com fazemos a diferença!

 

Página Inicial

Comente através do seu login no Facebook:

 

 

 

WWW.CRISTAOS.COM